5 tendências de Business Intelligence em 2019

Uma estratégia de sucesso baseada na análise de dados não vem de graça: é preciso planejar, implementar e gerir com eficiência

Em 2019, a tecnologia de Business Intelligence (BI) manterá a rota de crescimento dos últimos anos. Segundo estudo recente da Forrester, as empresas estão aos poucos percebendo que uma estratégia de sucesso baseada na análise de dados para a tomada de decisão não vem de graça: é preciso planejar, implementar e gerir com eficiência.


Na opinião de Ana Paula Thesing, diretora de marketing da BIMachine, algumas tendências tomarão a frente no mercado de BI, atendendo com maior precisão as demandas das organizações, cada uma com sua peculiaridade.


Para ajudar as empresas a entender melhor quais são as grandes tendências que impulsionarão as estratégias de BI em 2019 e próximos anos, Thesing enumera e comenta cada uma delas. Confira:


1 - Inteligência Artificial (AI) e Machine Learning “No que tange ao BI, o principal ganho inerente a estes dois campos é a transparência. Para parâmetros de análise de dados usados em AI e ML, a clareza das informações obtidas e trabalhadas será essencial para determinar estratégias, ações e projetos. Do contrário, as máquinas tendem a, literalmente, realizar ações indesejadas ou menos inteligentes do que o negócio, de fato, precisaria”.


2 - Linguagem natural “A tendência este ano é de que o BI ajude sistemas de Processamento de Linguagem Natural (Natural Language Processing em inglês, ou NLP) a converter ambientes de trabalho analógicos em operações autônomas e orientadas por dados, facilitando a conversa máquina – humano, ou humano – máquina – humano, e resultando em informações mais consistentes, estratégias melhor orientadas e projetos/processos de negócio mais eficazes”


3 - Multipresença “No mercado concorrido, ser ágil é vital. E, para ser ágil, é preciso poder gerir negócios a partir de muitas plataformas – especialmente no que tange ao mobile, permitindo tomar decisões estratégicas anytime, anywhere. Sendo assim, outra tendência do BI é realizar análises em dispositivos móveis 24 horas por dias, sete dias por semana, em um histórico único, evitando a troca de aplicativos e o resgate de dados já computados em outros devices. Integração, funcionamento e análise 24x7x365, fluxo de trabalho:

mantra do BI para alcançar bons resultados para negócios de qualquer área.”


4 - Análise histórica “Dados têm trajetória. Dados constroem história. Toda empresa tem seu histórico de mercado fundamentado nos dados que compartilha, gera, analisa, comanda, interfere, exercita, trafega. Ao BI, caberá oferecer a possibilidade de consultar e analisar todos estes dados, incluindo os da própria empresa e, principalmente, os de mercados interessantes a sua estratégia, disponibilizando ferramentas para debate de resultados e incremento da diversidade estratégica, o que, em outras palavras, se resume a dar a todas as áreas de uma organização o poder de obter insights impactantes para a estratégia geral de incremento de competitividade.”


5 - Envolvimento “Seguindo nesta linha, também é tendência para o ano o envolvimento de todos os departamentos na composição das estratégias periódicas de crescimento do negócio. Para tanto, o BI precisará alicerçar o embasamento e a cultura data driven para gestores e colaboradores-chave de todas as áreas, incitando o envolvimento com a análise de dados e sua consequente e potencial geração de insights. Passar da ideia para o plano de ação, com embasamento e foco certeiros: este será o principal papel do BI em 2019. E, sem dúvida, para os anos seguintes.”

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Twitter Basic Square
Tags

© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil