Ações da Lenovo e ZTE recuam após notícia sobre espionagem cibernética

Site noticiou que os sistemas de várias empresas norte-americanas foram comprometidos por chips de computador maliciosos inseridos por espiões chineses

As ações da Lenovo e da ZTE Corp caíram, impactadas por preocupações sobre as vendas externas, após a Bloomberg informar que os sistemas de várias empresas norte-americanas foram comprometidos por chips de computador maliciosos inseridos por espiões chineses. As informações são da agência Reuters.


Em uma reportagem, a Bloomberg Businessweek citou 17 fontes não identificadas de empresas e de inteligência dizendo que espiões chineses colocaram chips em equipamentos utilizados por cerca de 30 companhias, além de várias agências do governo dos Estados Unidos, o que daria à Pequim acesso secreto a redes internas das instituições.


A Apple e a Amazon Web Services (AWS), da Amazon, citadas entre as empresas norte-americanas sujeitas ao ataque, negaram a reportagem. A Super Micro Computer, que a Bloomberg disse ser fornecedora de placas para servidores contendo os chips maliciosos, também negou a publicação.


O Centro Nacional de Segurança Cibernética do Reino Unido, uma unidade da agência britânica de inteligência e segurança, disse que não tem motivos para duvidar das declarações feitas pela Apple e pela Amazon.



A fabricante de equipamentos de telecomunicações chinesa ZTE, cujas ações listadas em Hong Kong caíram 11%, não comentou o assunto.


*Com informações da agência Reuters

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Twitter Basic Square
Tags

© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil