AuditSafe amplia portfólio e conquista denominação PCI-QSA

September 11, 2018

A partir de agora, a consultoria está qualificada para prestar auditorias de certificação em PCI-DSS
 

 

 

Em 2006, as principais bandeiras de cartão do mundo se uniram com o objetivo de tornar as operações mais seguras, resultando na criação do Payment Card Industry Standards Council. Desse conselho, foi estipulado um conjunto de requisitos mínimos de segurança para empresas que processam, transmitem e armazenam informações de cartões de crédito, o Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS).

 

Para muitas empresas de auditoria e consultoria, conseguir a qualificação de Qualified Security Assessor é um processo complicado. O PCI Council exige um alto padrão de qualidade em seus relatórios. Além de conhecimento técnico específico dos profissionais em Segurança da Informação, também é preciso o conhecimento nas regras de negócios, tornando a conquista da certificação ainda mais difícil e complexa.

 

Pensando na segurança e conformidade de seus clientes com os requisitos do PCI-DSS, a AuditSafe aprimorou seu processo de revisão da qualidade (Quality Assurance), aprovado pelo PCI Council, sendo seu sócio e fundador (Fernando Nicolau) participante desse fluxo e também certificado como Qualified Security Assessor (QSA).

 

No Brasil

 

O brasileiro é um consumidor que, infelizmente, está habituado à sensação de insegurança ao fazer uma transação financeira. Não é para menos. Um recente estudo intitulado Raio-X da Fraude revelou que o e-commerce nacional, por exemplo, sofreu uma tentativa de golpe a cada cinco segundos e a maior parte deles ocorreu a partir de compras feitas com cartões de crédito clonados. O ponto é que a indústria de cartões de crédito movimenta milhões de reais diariamente e se tornou um dos alvos preferidos dos cibercriminosos.

 

As condições de segurança do PCI-DSS se aplicam aos componentes que participam diretamente do processamento de dados de cartão de crédito, ou seja, servidores de rede, aplicativos, bancos de dados, entre outros. Informações como nome, número do cartão e código de segurança devem ser protegidos para a segurança dos portadores de cartões.

 

Bancos, processadoras, provedores de serviços de pagamentos, agências de viagens, companhias aéreas, lojas de e-commerce e demais instituições financeiras e de meios de pagamentos que desejam implementar o padrão PCI-DSS devem consultar e ser acompanhadas por uma organização que tenha a denominação QSA – Qualified Security Assessor.

 

Será ela a responsável por auxiliar e auditar a instituição em busca da certificação. Para que a companhia seja auditada, ela deve atingir todos os requisitos e processos estabelecidos pelo padrão para estar em conformidade e consequentemente mais segurança nas transações.

 

Please reload

Posts Em Destaque

Confira as tendências para os próximos anos no Marketing Digital;

August 3, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes