Candidatos à Câmara dos Deputados dos EUA estão vulneráveis

Segundo um estudo de pesquisadores independentes, três em cada dez candidatos apresentam problemas significativos de segurança em seus sites
 

 

Segundo um estudo de pesquisadores independentes, três em cada dez candidatos que concorrem à Câmara dos Deputados dos Estados Unidos apresentam problemas significativos de segurança em seus sites.

 

Durante três dias, participantes da DefCon ficaram invadindo máquinas de votação para destacar vulnerabilidades na tecnologia que executa as operações de votação. De acordo com Joseph Menn, da agência Reuters, uma equipe de quatro pesquisadores independentes, liderada pelo ex-especialista em segurança do National Institutes for Standards and Technology (NIST), Joshua Franklin, concluiu que os sites de quase um terço dos candidatos da Câmara, democratas e republicanos, são vulneráveis ​​a ataques.

 

Usando varreduras automatizadas e programas de teste, o time identificou várias vulnerabilidades, incluindo problemas com certificados digitais usados ​​para verificar conexões seguras com usuários, disse Franklin à Reuters antes da apresentação.

 

Autoridades do Comitê Nacional Democrata disseram à Reuters que reconstruíram completamente a rede de computadores do partido, incluindo sistemas de e-mail e bancos de dados, para evitar uma repetição de 2016, quando agentes da inteligência russa invadiram contas democratas e usaram dados roubados para minar o apoio à candidatura de Hillary Clinton.

 

Segundo Franklin, os pesquisadores estão tentando descobrir uma maneira de entrar em contato com todos os candidatos para que eles possam resolver os problemas de segurança.

 

*Com informações da agência Reuters

 

Please reload

Posts Em Destaque

ENTENDA A IMPORTÂNCIA DE UM SITE INSTITUCIONAL BEM FEITO

May 28, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo