© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • WhatsApp
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

(85)98813-7693 |  | (31) 99997-0271  

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil

Sistema Eletrônico de Informações (SEI) sofre ciberataque e tem senhas roubadas

Nova versão já foi publicada no Portal do Software Público

 

 

O Sistema Eletrônico de Informações (SEI), ferramenta de gestão de documentos e processos eletrônicos para órgãos públicos, foi alvo de ataque cibernético na última semana. A ação de cibercriminosos foi realizada a partir de uma brecha de segurança, que permitiu a injeção de scripts para roubo de senhas de usuários, por exemplo.

 

Segundo troca de mensagens disponibilizadas na lista pública para suporte técnico da ferramenta, de fato houve roubo de senha e uma nova versão já foi disponibilizada pela equipe do Ministério Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, responsável pela administração da plataforma.

 

A primeira mensagem sobre a falha foi enviada na terça-feira, dia 4 de abril, por um profissional da Universidade Federal da Fronteira Sul, do Rio Grande do Sul. O questionamento era se a informação recebida por e-mail sobre os ataques seria verdadeira ou phishing. Usuários dos Correios e da

 

Agência Estadual de Tecnologia da Informação também relataram o recebimento da mensagem.

Instantes depois, a equipe do SEI confirmou o ataque e recomendou fortemente que todos os usuários aplicassem a atualização, assim que disponível no Portal do Software Público.

No dia seguinte (4/4), a equipe informou ter finalizado os testes com a versão 3.0.10 e liberou o pacote de atualização. Não foi informada a causa do ataque, nem quantos usuários foram atingidos.

 

O SEI

 

O Sistema Eletrônico de Informações (SEI), desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), é uma ferramenta de gestão de documentos e processos eletrônicos, e tem como objetivo promover a eficiência administrativa. A ferramenta integra o Processo Eletrônico Nacional (PEN), iniciativa conjunta de órgãos e entidades de diversas esferas da administração pública, com o intuito de construir uma infraestrutura pública de processos e documentos administrativos eletrônico.

 

O sistema permite produção, edição, assinatura e trâmite de documentos dentro do próprio SEI, além de possibilitar a atuação simultânea de diversas unidades em um mesmo processo, ainda que distantes fisicamente, reduzindo o tempo de realização das atividades.

 

Os principais benefícios do uso da plataforma são acompanhamento de processos on-line e assinatura de documentos por usuários internos e externos; aumento da produtividade e diminuição do uso do papel; sistema intuitivo e estruturado, com boa navegabilidade e usabilidade; acesso remoto por meio de diversos tipos de equipamentos (notebooks, tablets, smartphones etc.); e melhoria nos fluxos de trabalho e agilidade na tramitação.

 

O aplicativo é disponibilizado como Software de Governo mediante celebração de acordo de cooperação com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. O Software Público Brasileiro é um tipo específico de software livre que atende às necessidades de modernização da administração pública de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e é compartilhado sem ônus, visando economia de recursos públicos e constituindo um recurso benéfico para a administração pública e para a sociedade.

 

Procuradas pela Computerworld Brasil, as assessorias de imprensa tanto do Ministério, quanto do TRF4, não responderam os contatos até a publicação desta reportagem. A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do MPOG também foi contatada, mas não retornou.

Please reload

Posts Em Destaque

Curso prático SonicWall com a Globalmask

December 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo