VeChain: o blockchain que promete revolucionar o setor de logística

Conheça a plataforma que ainda está em desenvolvimento, mas já reúne importantes apoios

O VeChain é uma plataforma que visa tornar a gestão da cadeia logística (supply chain) eficaz, eficiente e transparente. A estratégia passa por utilizar tecnologia blockchain para criar uma cadeia de registo irrefutável e inviolável que irá acompanhar os movimentos dos produtos em tempo real.

A tecnologia VeChain tem múltiplas aplicações e é adaptável a muitas indústrias. O supply chain é apenas um exemplo.

Como funciona o VeChain?

O VeChain baseia-se em tecnologia blockchain, uma forma descentralizada de acompanhar o transporte de ativos. A informação é introduzida no blockchain e passa a poder ser vista por vários integrantes sem que possa ser alterada após a introdução e confirmação no sistema.

A informação é armazenada em vários locais que se comparam constantemente, assegurando que todas as bases de dados são iguais e que produzem resultados consistentes. Este é um dos aspectos em que o blockchain é descentralizado, pois não existe uma pessoa ou empresa específica a controlar a informação. Ninguém tem a capacidade de editar a informação sem ser detectada por outros.

Um exemplo utilizado frequentemente é uma garrafa de vinhos que é identificada com VID quando sai da adega e que fará seu caminho por meio de várias etapas da cadeia até chegar ao consumidor.

O vinho pode ser verificado em cada etapa da cadeia, assegurando-se que é a mesma garrafa de vinho e que não foi adulterada a partir de informação no blockchain que não pode ser falsificada ou alterada. Até o consumidor, quando recebe a garrafa, pode digitalizar o QR Code e verificar precisamente por onde é que a garrafa passou para estar totalmente confiante na sua autenticidade.

A tecnologia tem múltiplas aplicações em diferentes indústrias, mas no supply chain o benefício é óbvio e imediato. Várias empresas na cadeia de valor, dos produtores aos distribuidores, dos transportadores aos lojistas, podem acompanhar os itens nas várias fases, em tempo real, tendo a certeza de que a informação está correta.

Isto funciona, no mundo real, com a utilização da tecnologia VeChain Identify (VID) que marca fisicamente e acompanha um produto. Esta identidade pode ser aplicada por meio de diferentes meios incluindo QR Codes ou “tags” RFID que permitem a digitalização rápida e a identificação de produtos no blockchain.

Por que o VeChain precisa de uma criptomoeda?

Uma grande parte do funcionamento da rede VeChain passa pela moeda conhecida como VEN e, desde 26 de Fevereiro, denominada VET. A VET pode ser comprada e vendida e os seus movimentos são rastreados por meio de blockchain para que se saiba sempre onde está e quem o detém.

Quem tem VET na carteira (wallet) de cibermoedas VeChain, pode gerar uma outra moeda, a Thor, que pode ser utilizada para pagar serviços na rede da VeChain. Sendo assim, se uma empresa quer utilizar a rede VeChain para objectivos logísticos – que é apenas um exemplo de utilização – terá de pagar um determinado montante de Thor pelas transacções que são feitas na blockchain à medida que a informação se move através dela.

Quanto mais VET tiver, mais Thor poderá gerar. De uma forma muito superficial, significa que ter VET é quase o mesmo que ter uma ação, uma vez que se controla uma pequena parte do ecossistema VeChain e à medida que se gera Thor, que podem ser armazenados, utilizados ou vendidos, também é possível gerar algo semelhante a juros a partir dos seus ativos.

Por que ainda não está sendo usado?

A rede VeChain ainda está em desenvolvimento e ainda não foi lançada, mas já reuniu diversos apoios e parceiros de muitas das maiores marcas do mundo incluindo DNV GL, BMW, PWC, Kuehne + Nagel, China Unicom e até algumas parcerias de nível nacional com o governo chinês. Tendo em conta a dimensão destas organizações, é extremamente difícil ignorar a VeChain e o seu lugar na indústria.

Fundação da VeChain

A fundação da VeChain é responsável pela construção, manutenção e desenvolvimento contínuo da rede VeChain e dos seus projectos. Também desempenha um papel importante no desenvolvimento de negócios, encorajando e promovendo parcerias. A fundação é composta por uma equipa experiente de várias indústrias e é liderada pelo CEO Sunny Lu.

A tecnologia blockchain está conquistando rapidamente uma parte significativa do mundo dos negócios, e, com a quantidade de projecos blockchain previstos para 2018, a expectativa é de um ano marcante. Iniciativas como o VeChain vão certamente liderar aproximando cada vez mais a tecnologia da adopção massiva

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Twitter Basic Square
Tags

© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil