A importância do compartilhamento de informações para o setor financeiro

Banco Central anuncia a criação de normas específicas para ampliar a segurança das instituições, de forma a auxiliar na elaboração de medidas gerais de proteção

ituições financeiras a nível mundial contra as ciberameaças existentes e também realizar tarefas proativas de avaliação de segurança do setor, recomendando as melhores práticas e regulações. “Em março de 2017, o G20 reuniu os primeiros ministros de finanças e os presidentes dos Bancos Centrais para colocar em pauta a questão da cibersegurança no setor financeiro”, destaca Cortizo.

Desde 2015, a Febraban não divulga quanto o setor perde com fraude bancária (o último valor publicado foi de R$ 1.8 bilhão. “Mais do que o valor do prejuízo, a instituição deveria publicar os tipos de fraudes, quando ocorreram e como a população poderia participar da solução”, avalia. Segundo o executivo, “omitir esse tipo de informação parece muito mais uma forma de proteção por ocultação do que uma estratégia de melhoria do sistema bancário contra fraudes”.

“A indústria está preparada para oferecer soluções avançadas de automação, inteligência artificial e inteligência contra ameaças para que o segmento financeiro se proteja dos ataques cada vez mais sofisticados que estão surgindo”, finaliza.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Twitter Basic Square
Tags

© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil