Fim da franquia de banda larga irá prejudicar usuários, diz Abrint.

June 26, 2017

Para entidade, aprovação do PL fará com que provedores de Internet aumentem preços ou diminuam velocidades de planos.

 

 

A Associação Brasileira de Internet e Telecomunicações (Abrint) aponta que um possível fim da franquia de Internet fixa no Brasil deverá prejudicar os usuários.

 

Segundo a entidade, o Projeto de Lei 7182/2017, aprovado em março no Senado, é “bem intencionado”, mas pode fazer com que os provedores aumentem os preços de pacotes ou reduzam as velocidades atuais. 

 

“A rede de internet foi construída levando-se em conta a sua característica estatística, ou seja: estima-se a capacidade total consumida na rede com base no cenário em que nenhum usuário consome 100% da capacidade contratada durante 100% do tempo.

 

Essa característica traz bases técnicas e comerciais indispensáveis à massificação do acesso à Internet”, afirma a associação em um comunicado sobre o assunto. 

 

Provedores regionais

 

Além disso, a Abrint afirma que uma possível aprovação do PL também poderia trazer prejuízos para os provedores regionais, que oferecem acesso para mais de 3 milhões de brasileiros atualmente.

 

PL causa polêmica no país

 

A polêmica sobre a limitação dos planos de internet vem opondo as operadoras de telefonia às entidades defensoras dos consumidores e, recentemente, aos deputados da comissão, que já se posicionaram contrários à franquia.

 

Enquanto não há definição, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibiu as operadoras de reduzir a velocidade, suspender o serviço ou cobrar pelo tráfego excedente, quando o consumidor ultrapassar os limites da franquia contratada.

Please reload

Posts Em Destaque

LGPD: Como podemos ajudar sua Empresa?

February 21, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo