Shadow IT: como transformar ameaças em oportunidades.

Mais de 5 mil usuários da central inteligente da Cisco já descobriram a resposta.

A crise é uma palavra estranha para o mercado de aplicativos. De acordo com recente pesquisa da consultoria App Anie, espera-se um faturamento de 51 bilhões de dólares em 2016, em escala global, com destaque para o Brasil - expansão superior a 40% também neste ano.

Outro estudo, da Flury, divulgado no começo deste semestre, apontou que o uso de app por meio de dispositivos móveis cresceu 58% em 2015 no mundo em relação ao anterior.

Felicidade de um lado, no uso doméstico; preocupação de outro, dentro das empresas.

Afinal, como controlar a utilização de recursos em nuvem estranhos à governança de TI pelos colaboradores?

Universo cinzento...

Além do impacto do BYOD, responsável por múltiplos devices pessoais espalhados pelo ambiente de trabalho, a preocupação com as melhores práticas de gestão e segurança da informação aumenta na medida em que a nuvem pública é igualmente utilizada à margem das políticas de contratação e acesso pré-estabelecidas.

Resultado? A potencialização dos efeitos não desejados da Shadow IT (a TI invisível), um fenômeno "democrático", sorrateiro, que atinge de pequenas a grandes empresas.

No Brasil, segundo a pesquisa global "A Arte da Conexão: criatividade e o CIO Moderno", realizado pela Vanson Bourne para a BT, em novembro de 2014, a TI invisível já respondia àquela época por 32% dos gastos com TI, contra 25% da média internacional.

Já a Cisco, via outro levantamento, descobriu que os departamentos de TI acreditavam que suas empresas utilizassem 51 serviços na nuvem, quando, de fato, tratava-se de um resultado 15 vezes maior - ou seja, mais de 700!

Em outras palavras, um cenário repleto de ameaças aos negócios.

... porém solucionável e de grandes oportunidades

No começo de 2016, a Cisco lançou um novo recurso para ajudar as empresas a contornar esses desafios relacionados à TI invisível: o Cisco® Cloud Consumption Services.

A solução, totalmente integrada ao Cisco Unified Computing System™ (Cisco UCS®) com processadores Intel® Xeon®, foi projetada para detectar e monitorar os serviços de nuvem pública: o que, quando, como, para o que e por quem foram utilizados.

Isso tudo para que as organizações tenham uma visão ampla dos ambientes de nuvem - pública, privada e híbrida -, reduzindo custos, bem como fortalecendo a continuidade dos negócios, proteção de dados, compliance, redução de custos e o SLA.

Com modelos de consumo e implantação flexíveis, a Cisco possibilita a construção de uma nuvem privada ou híbrida mais rapidamente, otimizando recursos e reduzindo riscos.

Receba um relatório gratuito e sob medida com a pontuação comparativa sobre a sua adoção de nuvem atual aqui: Soluções em nuvem para melhores resultados

E também aproveite para conhecer, aqui, outros benefícios do Cisco Unified Computing System™ (Cisco

UCS®) com processadores Intel® Xeon® para o seu negócio.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Twitter Basic Square
Tags

© 2013 by Success Consulting. Proudly GlobalMask Soluções em TI

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Classic
  • Instagram ícone social

 

Comercial@globalmask.com.br

BH | RJ | SP | Maracanaú| Fortaleza | Brasilia | Goiânia | Brasil